16 de fev de 2014

Diferença de um recurvo e um LogBow

Arcos longos e arcos recurvos eram usados por civilizações antigas como armas e ferramentas de caça. No entanto, na Inglaterra medieval o arco longo foi uma das armas mais icônicas. Atualmente, arqueiros e caçadores entusiastas usam tanto os modelos tradicionais de arco como os modernos.



História

A história do arco recurvo pode ser traçada às antigas civilizações asiáticas e mediterrâneas. Arcos longos entram na categoria de arcos planos, que têm sido usados desde os tempos pré-históricos.

Modelo

Arcos longos são feitos de uma única peça de madeira e possuem pouca, ou nenhuma, curvatura. Têm um formato de letra "D" e podem chegar ao comprimento de uma pessoa. Arcos recurvos, também chamados de arcos laminados quando feitos com ossos, já possuem uma curvatura, então quando a corda é retesada, uma maior tensão é obtida, dando mais força ao arco.

Precisão

Durante a Idade Média, arcos longos podiam atirar em um alvo a 200 metros com precisão. No entanto, arcos recurvos têm maior precisão, devido ao seu desenho, pois os membros dobram na mesma posição e o descanso da flecha se mantém alinhado com o arco.

Força

Arcos longos ganham força devido ao tamanho de seu corpo. Arcos recurvos ganham de seu desenho recurvo, o que significa que quando não são puxados os arcos recurvos dobram na direção oposta à que seriam puxados. Isso dá à flecha maior velocidade do que aconteceria com o arco longo.

Tempos modernos

Arqueiros usam tanto arcos longos quanto recurvos. Arcos recurvos e longos modernos possuem um desenho que oferece maior estabilidade, precisão e força. A escolha entre um e o outro é, na maioria das vezes, preferencial.

Nenhum comentário:

Postar um comentário